Sua empresa

Embraco usa impressão 3D para peças de protótipos funcionais

A empresa utiliza a tecnologia para fabricar as peças de testes durante o desenvolvimento do novos compressores, unidades condensadoras e dispositivos de manufatura
Por: STRATASYS       18/07/2019

A fabricação de protótipos costuma ser processo demorado e caro, que geralmente exige a participação de vários setores de uma empresa e a aplicação de técnicas distintas, desde artesanais até processos fabris como usinagem ou moldagem. Para usufruir de maior liberdade e agilidade, a Embraco (de Joinville, SC), empresa global que produz soluções para refrigeração, utiliza desde dezembro de 2018 a tecnologia de impressão 3D da Stratasys para a produção de protótipos funcionais.

Segundo Stephanie Sell, supervisora da Oficina de Protótipos da Embraco, a impressão 3D permite à empresa produzir peças plásticas com mais agilidade e torna mais fácil o design de peças. “Antes da impressora, usinávamos 100% dos protótipos com material plástico”, diz Stephanie.

Protótipo de câmara de sucção impressa em 3D na Embraco
Protótipo de câmara de sucção impressa em 3D na Embraco

A impressora 3D utilizada é o modelo Fortus 450mc. “A máquina possibilita a produção de peças para protótipos funcionais, usadas em testes por serem em materiais compatíveis com nossos compressores. Além disso, esse modelo de impressora produz peças aplicáveis em temperatura de até 216°C, e com material de alta resistência reforçado com fibra de carbono. Exatamente o que buscávamos para complementar o nosso processo na oficina de protótipos”, afirma Stephanie.


Continua depois da publicidade


Ela explica que a principal motivação para a aquisição da impressora 3D foi a possibilidade de produção mais rápida das peças plásticas, especialmente da câmara de sucção, um componente do compressor. A empresa também utiliza o equipamento para a impressão de protótipos de peças de unidades condensadoras, além de dispositivos de controle e de inspeção e de ferramentas de suporte à manufatura.

“Os protótipos funcionais são utilizados para que as empresas possam realizar testes de validação antes da produção da peça ou item final. A impressão 3D permite que eventuais ajustes em um protótipo sejam feitos em única sessão, diferente de como acontece com a usinagem, por exemplo. Os tempos e custos são infinitamente menores”, afirma Anderson Soares, Territory Manager da Stratasys.

 

Sobre a Embraco

Fundada em 1971, a Embraco possui capacidade produtiva de 37 milhões de compressores ao ano. A empresa comercializa produtos em mais de 80 países e conta com cerca de 10 mil colaboradores em 11 unidades de negócios, no Brasil, China, Itália, Eslováquia, Rússia, Estados Unidos e México. Sua equipe de Pesquisa e Desenvolvimento possui cerca de 500 engenheiros e técnicos dedicados e mais 100 especialistas de universidades parceiras.

 

Sobre a Stratasys

A Stratasys é líder global em manufatura aditiva ou tecnologia de impressão 3D e é fabricante das impressoras 3D FDM® e PolyJet™. As tecnologias da empresa são usadas para criar protótipos, ferramentas de fabricação e peças de produção para indústrias, incluindo aeroespacial, automotiva, saúde, produtos de consumo e educação. Por 30 anos, os produtos da Stratasys têm ajudado os fabricantes a reduzir o tempo de desenvolvimento de produtos, o custo e o tempo de colocação no mercado, bem como reduzir ou eliminar os custos de ferramentas e melhorar a qualidade dos produtos. O ecossistema de soluções e expertise em impressão 3D da Stratasys inclui: impressoras 3D, materiais, software, serviços especializados e produção de peças sob demanda. Online em: http://www.stratasys.com, http://blog.stratasys.com e LinkedIn.

 

A Stratasys é uma marca registrada e o selo Stratasys é uma marca registrada da Stratasys Ltd. e / ou de suas subsidiárias ou afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são propriedade de seus respectivos proprietários.


Comentários

 


Notícias Relacionados

Boom Supersonic constrói protótipo de avião supersônico mais rápido da história com impressão 3D
Inovação e Processos

Boom Supersonic constrói protótipo de avião supersônico mais rápido da história com impressão 3D

Fabricante de aviões explora impressora 3D F900 e o pacote Aircraft Interiors Solution, da Stratasys, para produção de centenas de peças para seu novo protótipo de aeronave supersônica
Indústria 4.0 pode gerar R$ 73 bilhões em economia no Brasil, mas carece de investimento e adesão dos industriais - Imagem: PixaBay
Mercado

Indústria 4.0 pode gerar R$ 73 bilhões em economia no Brasil, mas carece de investimento e adesão dos industriais

Mundialmente, a área que mais deverá receber investimentos dentro deste conceito em 2019 é a de manufatura aditiva


Publicidade »

Publicidade »

Mais notícias

 

Newsletter

Assine e receba novidades sobre Indústria 4.0:

 

Publicidade »

Publicidade »