Psicologia das vendas na indústria dos metais

O ser humano é uma máquina biológica que constrói conexões com as pessoas e, por isso, tem a venda como algo natural, afinal para se aproximar de alguém precisamos vender uma ideia sobre nós. Mas não necessariamente, para gerar essa conexão, a venda precisa ser feita frente a frente, hoje é possível defender uma ideia, produto ou serviço por telefone, e-mail, ou através de plataformas de Internet.

Por: Cristian Machado De Almeida 17/04/2020  

Digital

As ferramentas digitais são a marca do século 21. É o início de algo completamente novo, que evolui o tempo todo e tem impacto direto em nossas vidas, mesmo que não percebamos. Se no século 19 o telefone foi um incrível progresso na tecnologia da comunicação, que mudou a forma como se faziam as vendas, hoje esse papel é cumprido pelas plataformas digitais.

Todos nós nos debatemos com a mudança — e isso sempre irá acontecer. Mudar significa livrar-nos de algo a que dedicamos tanto tempo e atenção, para iniciarmos uma nova jornada cheia de coisas desconhecidas. Então como não ter receio e medo disso? Afinal de contas, somos humanos. Mudar significa novas conexões no cérebro. 

E é isso exatamente que está acontecendo com os processos de venda.

 

Digitalização

A digitalização de um negócio é a mudança mais importante para qualquer empresa que queira permanecer "dentro" do mercado. Não há realmente outra opção. Vivemos em um mundo digital, no qual as regras são diferentes de 20 anos atrás!

Vender é um jogo. A tecnologia é uma ferramenta para isso.

Digitalização não significa fazer negócios de uma maneira completamente diferente. Significa que sua empresa irá crescer mais rápido, se tornar mais eficiente e otimizar o tempo ao ter informações mais organizadas e com mais fácil acesso. Esse é o poder da digitalização.


Continua depois da publicidade


Os vendedores que acreditam poder manter as mesmas relações com os clientes sem quaisquer ferramentas digitais serão gradualmente deixados para trás. Com a crescente concorrência, os desafios do mercado e a tecnologia digital disponível, não existe outra escolha senão transformar as ferramentas digitais em aliadas.

Então por que  alguns vendedores se debatem com esta mudança?

Porque somos todos humanos e tendemos a acreditar que se a forma como fizemos as coisas no passado funcionou bem, continuará a funcionar bem no futuro. E isto é um viés cognitivo a que os cientistas chamam de "viés de projeção".

O sucesso empresarial é determinado pela capacidade de mudança e adaptação a um ambiente corporativo em evolução. Isso pode exigir esforço e uma mente aberta.

 

Dígitos

Traduzindo isso em números:

  • Apenas 10% das empresas da indústria metalúrgica utilizam ferramentas digitais para as suas atividades de compra. Essas 10% são, em média, mais rentáveis que as outras 90%.
  • Usar ferramentas digitais pode poupar 20-30% do tempo gasto em processos tradicionais de compra e venda.
  • Empresas que são líderes na transformação digital são mais propensas a atrair talentos de topo – as classificações dos seus empregadores são em média 0,7 estrelas mais altas em comparação com aqueles que retardam a inovação digital.

O futuro do comércio de metais é digital. E é realmente fantástico viver neste tempo incrível cheio de inovações digitais. E aqui está uma dica de psicologia para encarar esses tempos de evolução: a mudança irá sempre trazer aprendizados incríveis que o colocarão um passo à frente dos seus pares.

Existem no mercado empresas como a Metalshub que possuem tecnologia necessária para que os negócios possam manter uma vantagem competitiva e se adequar ao mundo digital. Basta efetuar um cadastro e ver o que está  acontecendo no mercado; comprar e vender metais e ferroligas; e ainda manter o relacionamento com os seus clientes/fornecedores por telefone ou pessoalmente. Este tipo de plataforma ajuda a economizar tempo: menos papel, menos e-mails e menos planilhas de Excel. Uma única plataforma que lhe dá uma ferramenta inovadora para fazer crescer o seu negócio.

Nota: Agradecimentos a empresa Metalshub pelas informações fornecidas, mais informações disponíveis no site da empresa: www.metals-hub.com/pt

Gostou? Então compartilhe:


Comentários

Cristian Machado De Almeida

Formado em Engenharia de Produção e Pós graduação em Indústria 4.0. Atualmente trabalhando como Coordenador de Planejamento e Controle de Produção na Calvo Cestas Básicas, atuando na Consultoria Nova Fase Tecnologia como Industrial Business Development e Representante Comercial do Festival Internacional de Tecnologia e Comunicação.