SENAI e instituição alemã desenvolvem projetos de avaliação da maturidade em indústria 4.0 e transformação digital

Por: FIESC/GECOR 21/10/2021  

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Santa Catarina inicia nas próximas semanas a oferta de avaliação da maturidade em indústria 4.0 e elaboração de roteiros de transformação digital. O trabalho, direcionado ao setor industrial, será desenvolvido em parceria com a empresa alemã Industrie 4.0 Maturity Center (i4.0MC), organização oficial indicada pela Academia Nacional de Ciência e Engenharia (Acatech) para expandir a estrutura do Índice de Maturidade da Indústria 4.0. O projeto piloto será em uma indústria na cidade de Indaial. Em Santa Catarina, o SENAI integra a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC).

O modelo de avaliação foi desenvolvido pela Acatech, Universidade RWTH Aachen, e outros parceiros da ciência e da indústria. A I4.0MC é uma spin-off que surgiu da construção do modelo e, em conjunto com seus parceiros, já realizou mais de 150 avaliações detalhadas de maturidade em Indústria 4.0 e desenvolvimento de roteiros de transformação digital em indústrias de vários países. A empresa tem um vasto portfólio de serviços de consultoria associados à gestão da transformação digital de empresas de manufatura, todos centrados na aplicação do índice de Maturidade Indústria 4.0 da Acatech

O SENAI e a i4.0MC atuarão na criação de estratégias de transformação digital para indústrias, identificação da estrutura organizacional e operacional necessária para implementar a transformação digital e cálculo do retorno do investimento das atividades de digitalização.

“O SENAI tem interesse na cooperação para o desenvolvimento de competências e ampliação de um portfólio relacionado ao tema de Indústria 4.0 e Transformação Digital da indústria brasileira”, afirma o diretor de Educação e Tecnologia da FIESC e diretor regional do SENAI em Santa Catarina, Fabrizio Machado Pereira. “Esta parceria pode avançar para campos como educação profissional, workshops, conferências, consultoria, compartilhamento de conhecimento, entre outros”, salienta.


Continua depois da publicidade


“Embora a expressão Indústria 4.0 esteja completando uma década de existência, um número substancial de indústrias ainda está em estágios iniciais desse processo, conforme indicam alguns estudos sobre o tema”, diz Pereira. Ele se refere, por exemplo, a um relatório publicado este ano pela McKinsey que mostrou que em 2020 74% das indústrias pesquisadas estavam estagnadas no chamado “purgatório de pilotos”. Em 2019, essa taxa estava em 56%. “A baixa maturidade, ausência de método para amparar as iniciativas de indústria 4.0 e escassez de conhecimento sobre a temática tendem a reduzir as taxas de sucesso nas jornadas de transformação 4.0 das indústrias”, acrescenta Pereira.

Esta é uma das razões pelas quais o SENAI/SC e o Industrie 4.0 Maturity Center firmaram a parceria. A ideia é apoiar a indústria catarinense e nacional no estabelecimento de roadmaps de transformação digital, orientados por abordagem mundialmente consolidada. Partindo da aplicação de um método reconhecido, assertivo e ágil do entendimento do estágio inicial de maturidade e do alinhamento das metas de negócio da indústria, a metodologia chega na relação de um conjunto de ações detalhadas e priorizadas que deixam claro o roteiro de dois a quatro anos de uma jornada segura para uma transformação 4.0. Associado a isso, o suporte de serviços de capacitação, consultoria e inovação do SENAI/SC apoiam amplamente as necessidades individuais de cada indústria para potencializar os resultados.

O trabalho integra o Programa SENAI de Apoio ao Desenvolvimento da Manufatura Avançada (Indústria 4.0), que visa apoiar a evolução de recursos humanos com as competências requeridas pela indústria 4.0. Dentro do programa, a iniciativa está alinhada à Plataforma SENAI 4.0, lançada em 2018 e que reúne um portfólio de educação e serviços técnicos e tecnológicos focados na temática de Indústria 4.0, incluindo esta avaliação de maturidade.

Para mais informações, contacte pelo e-mail: travessia-industria4.0@sc.senai.br

Gostou? Então compartilhe: