IA e aprendizado de máquina, 5G e IoT serão as tecnologias mais importantes em 2021, diz estudo

Por: Redação CIMM 14/12/2020  

A pandemia acelerou a adoção de várias tecnologias, como aprendizado de máquinas e inteligência artificial. Estudo da IEEE, organização dos Estados Unidos dedicada ao avanço da tecnologia em beneficio da humanidade, sobre o impacto da pandemia de Covid-19 na velocidade de adoção de tecnologias e as indústrias mais impacatadas, apontou quais são as tecnologias mais importantes para 2021. Entre o total de entrevistados do estudo, quase um terço (32%) disse que IA e aprendizado de máquina serão as tecnologias mais usadas em 2021, seguido por 5G (20%) e IoT (14%).

A pesquisa da IEEE, divulgada no final de novembro, foi realizada com Chief Information Officers (CIOs) e Chief Technology Officers (CTOs) nos EUA, Reino Unido, China, Índia e Brasil em relação às tecnologias mais importantes para 2021 em geral. Segundo o estudo, as indústrias que mais acreditam que serão impactadas pela tecnologia em 2021, de acordo com CIOs e CTOS pesquisados são: manufatura (19%), saúde (18%), serviços financeiros (15%) e educação (13%).
 
Ao mesmo tempo, mais da metade (52%) dos CIOs e CTOs vêem seu maior desafio em 2021 como lidar com aspectos da recuperação da COVID-19 em relação às operações de negócios. Esses desafios incluem uma estrutura de trabalho remoto e de escritório híbrida permanente (22%), reabertura e devolução de escritórios e instalações (17%) e gerenciamento de trabalho remoto permanente (13%). No entanto, 11% disseram que a agilidade para interromper e iniciar iniciativas de TI à medida que esse ambiente imprevisível continua será seu maior desafio. Outros 11% citaram ameaças à segurança online, incluindo aquelas relacionadas a funcionários remotos, como o maior desafio que eles veem em 2021.

Adoção de tecnologia, aceleração e preparação para desastres devido à Covid-19

CIOs e CTOs pesquisados ​​aceleraram a adoção de algumas tecnologias devido à pandemia:

  • Mais da metade (55%) dos entrevistados aceleraram a adoção da computação em nuvem
  • 52% aceleraram a adoção de 5G
  • 51% têm IA acelerada e aprendizado de máquina

A adoção de IoT (42%), realidade aumentada e virtual (35%) e tecnologias de videoconferência (35%) também foi acelerada devido à pandemia global.

Em comparação com um ano atrás, a esmagadora maioria dos CIOs e CTOs (92%) acredita que sua empresa está mais bem preparada para responder a uma interrupção potencialmente catastrófica, como uma violação de dados ou desastre natural. Além do mais, daqueles que dizem estar mais bem preparados, 58% concordam fortemente que a COVID-19 acelerou sua preparação.


Continua depois da publicidade


Quando questionados sobre quais tecnologias terão o maior impacto na recuperação global da COVID-19, um em cada quatro (25%) dos entrevistados disse que IA e aprendizado de máquina,

Cibersegurança

As duas principais preocupações dos CIOs e CTOs quando se trata da segurança cibernética de suas organizações são as questões de segurança relacionadas à força de trabalho móvel, incluindo funcionários trazendo seus próprios dispositivos para o trabalho (37%) e garantindo que a Internet das Coisas (IoT) seja segura (35 %). Isso não é surpreendente, uma vez que o número de dispositivos conectados, como smartphones, tablets, sensores, robôs e drones está aumentando dramaticamente.

Um pouco mais de um terço (34%) dos CIO e CTO entrevistados disseram que podem rastrear e gerenciar 26-50% dos dispositivos conectados a seus negócios, enquanto 20% dos entrevistados disseram que podiam rastrear e gerenciar 51-75% dos dispositivos conectados dispositivos.

Gostou? Então compartilhe: