IBM abre o maior Centro de Transformação de Processos com inteligência artificial na América Latina

O Centro, com sede na Colômbia, vai acelerar a reinvenção digital de empresas em setores como bancos, telecomunicações, gás e energia.

Por: IBM 05/08/2020  

A IBM anuncia um novo 'Centro Cognitivo de Transformação' na Colômbia, o maior centro IBM desse tipo na América Latina. Esse centro de serviços compartilhados apoiará empresas de diferentes setores da América Latina e do mundo como bancos, telecomunicações, gás e energia; em três idiomas: espanhol, português e inglês; com serviço diurno e noturno.

"Esta é uma das nossas apostas para a região em tecnologias disruptivas, talento e habilidades locais para a Quarta Revolução Industrial. Em tempos tão desafiadores quanto a COVID-19, o investimento em áreas como atendimento ao cliente e treinamento em novas habilidades é vital", disse Ana Paula Assis, gerente geral da IBM América Latina.

Por meio desse centro, a IBM será responsável por reinventar, otimizar e gerenciar os processos e serviços corporativos para o cliente, usando análise de dados, nuvem, inteligência artificial, automação, blockchain e outras tecnologias exponenciais disruptivas.

A transformação impulsionada pelos processos cognitivos é um dos pilares do crescimento de IBM Services no mundo e uma das principais prioridades da América Latina. E, para as empresas, é um dos principais componentes de suas jornadas para uma empresa cognitiva. São esperados muitos benefícios nesses tipos de projetos: melhorias na satisfação do cliente, agilidade na tomada de decisões e custos reduzidos para a empresa, o que significa que a equipe interna pode se concentrar em atividades mais estratégicas.


Continua depois da publicidade


Os primeiros IBMistas que trabalharão no 'Cognitive Transformation Center' já receberam treinamentos que representam mais de 8.500 horas em metodologias ágeis, ferramentas de conectividade e novas tecnologias, como inteligência artificial. Isso se baseia no investimento da IBM em desenvolvimento de talentos e novas habilidades para o futuro no país.

De acordo com o último relatório do Fórum Econômico Mundial, mais de 42% de todos os empregos mudarão significativamente até 2022 e exigirão novas habilidades, como o uso de análises avançadas, ferramentas de cocriação e design thinking e recursos orientados a problemas com pensamento crítico e resiliência.

"Esse oitavo centro na América Latina reforça a capacidade da IBM regional e globalmente para a entrega de serviços de transformação de processos cognitivos a partir da região, bem como outras apostas recentes da empresa, como a expansão de nossos recursos de nuvem pública, a Multizone Region e, mais recentemente, o acordo para adquirir a WDG Automation, uma empresa brasileira de software especializada em automação de processos", diz Thais Marca, gerente geral de IBM Services para a América Latina.

"Este grande centro, o maior da IBM na região, mostra que a Colômbia continua mantendo sua atratividade para os investidores. O investimento estrangeiro eficiente é um dos instrumentos essenciais na situação atual, não apenas porque alavanca as exportações, mas também porque cria oportunidades de emprego e ajuda a impulsionar a economia. Estamos trabalhando com o "Compromisso pela Colombia" para promover a chegada de mais investidores: ferramentas de facilitação de investimentos e clima de negócios; realocação de empresas que buscam uma nova organização de suas cadeias de suprimentos e eficiência ao deixar outras latitudes; e incentivos setoriais e regionais", afirmou José Manuel Restrepo, ministro do Comércio, Indústria e Turismo.

Gostou? Então compartilhe:


Comentários