Sua empresa

AVEVA e Schneider Electric anunciam expansão de parceria com foco em soluções de data center

Durante mesa redonda on-line, os líderes das empresas também falaram sobre o cenário de transformação digital acelerada pela pandemia da Covid-19.
Por: Redação CIMM/ Assessoria de Imprensa AVEVA       22/06/2020

Em conferência on-line com jornalistas de todo o mundo, realizada na última quarta-feira (17), Craig Hayman, CEO da AVEVA, e Jean-Pascal Tricoire, Chairman e CEO da Schneider Electric, anunciaram nova parceria focada no mercado de data center e conversaram sobre o cenário industrial durante e após a pandemia do novo coronavírus. Mesa redonda on-line fez parte do AVEVA World Digital, que aconteceu entre os dias 16 e 17 de junho.

A parceria oferece soluções inovadoras para o ritmo e a escala do mercado de data centers em rápida evolução. Juntas, as empresas fornecem a solução mais abrangente do setor para operações de data center, integrando o EcoStruxure para Data Centers da Schneider Electric para sistemas de energia, construção e gerenciamento de TI com o AVEVA Unified Operations Center. 

Transformação digital acelerada pela pandemia

Durante a conversa, Hayman, CEO da AVEVA, ressaltou a aceleração da transformação digital imposta pela pandemia da Covid-19. A AVEVA, segundo o CEO, passou por algumas dificuldades com a adaptação dos hardwares durante a migração para o trabalho remoto de forma produtiva com equipes espalhadas pelo mundo.


Continua depois da publicidade


Empresas de manufatura que, naturalmente, já se encontram em transformação digital focados na Indústria 4.0 tiveram mais sucesso nesse período, sobretudo com parceiros que auxiliaram na continuidade dos negócios de forma eficiente, segundo Hayman. “A Covid-19 afeta como uma força de mudança”, diz. 

Hayman fala sobre a importância dos dados nesses momento e como o analytics é essencial nesse processo. “Quanto mais dados você tem, mais resultado e mais coisa você tem para fazer com isso”, afirma. Entretanto, ele ressalta a importância de aceitar o cenário e a necessidade de se tornar ainda mais digital. “Nós recomendamos que as pessoas sejam mais digitais, mas não tínhamos noção que nós precisávamos ser mais digitais também. Você precisa aceitar a mudança primeiro”, comenta.

Tricoire, CEO da Schneider Electric, contou que a empresa migrou para o trabalho remoto em dois dias de forma a garantir a continuidade dos negócios e manter as operações. Ele concorda com Hayman sobre o processo de transformação digital acelerado pela pandemia. “Antes da Covid as empresas já tinham transformação digital na agenda, mas com a Covid todas tiveram que acelerar, em vários casos, as empresas não tinham uma visão completa de digitalização”, diz. Pós-Covid-19, para ele, a integração deverá trazer simplicidade para os clientes focados em software.

Data Center

As empresas Schneider Electric e AVEVA também anunciaram a parceria ampliada para fornecer soluções inovadoras para o mercado de data center. A combinação do AVEVA Unified Operations Center, software industrial escalável com os recursos de controle e monitoramento EcoStruxure for Data Centers da Schneider Electric, permite uma visibilidade profunda e expansiva das operações do dia-a-dia.

As novas soluções conjuntas fornecem uma visão homogênea da engenharia, operações e desempenho em uma base instalada herdada e heterogênea. Os provedores de data centers em grande escala se beneficiarão dessa parceria conectando plataformas e conjuntos de dados que existiam anteriormente em sistemas diferentes. Eles também poderão escalar, independentemente do número de sites ou da localização global. 

A equipe do data center terá o poder de tomar decisões mais rápidas e informadas e otimizar a eficiência operacional e de ativos ao longo do ciclo de vida do data center. Como resultado, os provedores de data center podem oferecer uma experiência globalmente consistente para atender às crescentes necessidades de infraestrutura digital de seus clientes.

“A solução pode pegar dados gerenciados há muito tempo em data centers individuais, geralmente em subsistemas isolados, normalizá-los em vários sites e, em última análise, pode informar e fornecer integração de TI / OT / IoT em nível empresarial para fornecer decisões em tempo real. A solução completa fornecerá eficiência operacional e uma frota de data center mais confiável”, disse Pankaj Sharma, Vice-presidente Executivo da Secure Power Division da Schneider Electric, em comunicado da empresa.

Craig Hayman, diz que a parceria já está fornecendo um valor para os clientes industriais em geral. “É um marco estratégico importante para nós estender a parceria para novos mercados e alcançar mais clientes, combinando a forte herança da AVEVA de oferecer soluções unificadas de ponta a ponta com a profunda experiência em data center da Schneider Electric e os recursos globais de execução. Nossos clientes conjuntos são capacitados pelos sistemas e processos padronizados, resultando em maior eficiência da força de trabalho em vários locais e em toda a empresa”, explica.

Programas lançados pela Schneider Electric

Reunindo integradores de sistemas com provedores de soluções de TI para criar soluções integradas de computação industrial, a Schneider Electric também anunciou que as parcerias ampliadas resultaram no lançamento imediato de três programas, incluindo: novos designs de referência, co-desenvolvidos com a AVEVA e soluções integradas da Lenovo e Stratus; um caminho de aprendizado para integradores de sistemas; e uma comunidade on-line colaborativa para aprender e compartilhar oportunidades no Schneider Electric Exchange. 

Os programas industriais da Schneider Electric capacitam os integradores de sistemas a expandir seu valor para o usuário final, permitindo as transformações digitais industriais de seus clientes.

“Sabemos que a fabricação inteligente está levando uma onda sem precedentes de tecnologias de TI para os espaços industriais. À medida que as empresas aproveitam a IA, a automação de processamento robótico e muito mais, elas exigirão soluções de computação de ponta para reduzir a latência e permitir resiliência, garantindo privacidade e segurança e abordando requisitos importantes de dados e largura de banda”, disse Philippe Rambach, Vice-presidente Sênior de Automação Industrial da Schneider Electric.

 


Comentários

 


Notícias Relacionados

Manufatura aditiva da Stratasys abre caminho para transformação digital na Schneider Electric - Imagem: Divulgação/Stratasys
Sua empresa

Manufatura aditiva da Stratasys abre caminho para transformação digital na Schneider Electric

Tecnologia Stratasys FDM, utilizada em Puente la Reina, diminuiu a dependência de fornecedores, flexibilizou a produção e reduziu o time-to-market dos produtos.

Novidades do DraftSight

O DraftSight®, software para desenho 2D e projeto 3D, trouxe novos recursos e melhorias!