Sua empresa

FPT Industrial ganha 10% de produtividade com atualizações

Mudanças de layout e acompanhamento digital dos processos reduziram perdas e melhoraram ambiente na fábrica
Por: Automotive Business       03/07/2019

A FPT Industrial fez atualizações em sua fábrica, em Sete Lagoas (MG), que elevaram a eficiência, reduziram perdas e aumentaram segurança, conforto e criaram ambientes digitais e mais intuitivos para os colaboradores. As melhorias permitiram aumento médio de 10% na produtividade. 

Os projetos implantados incluem reposicionamento de estações de trabalho nas linhas de produção, melhora na ergonomia e integração das áreas a partir do sequenciamento digital dos kits de peças utilizados nos motores. 

A fábrica de Sete Lagoas é certificada desde 2016 com o nível prata do World Class Manufacturing (WCM), um dos mais altos possíveis em todo o mundo. A unidade produz os motores das famílias F1A, F1C, NEF e S8000, aplicados em veículos para transporte de cargas e passageiros, em máquinas agrícolas e de construção, além de geradores de energia. 

A FPT Industrial implantou dentro da fábrica um projeto piloto na América do Sul chamado Compass Room, uma sala 100% digital que integra diferentes áreas, facilitando o entendimento na execução de projetos para garantir resultados sustentáveis. 


Continua depois da publicidade


“A grande vantagem dessa tecnologia é o acesso às informações. Conseguimos visualizar o trabalho de cada área, facilitando a análise e indicando projetos prioritários. O conceito moderno e intuitivo fornece autonomia para enxergar melhores ambientes e produtividade”, afirma o gerente de operações, Mário Coriale. 

Segundo a fabricante, as mudanças favoreceram a interligação das estações de trabalho às linhas de produção de motores. Na etapa mais recente foram reposicionados os layouts de cada estação. 

A maior proximidade dos colaboradores com peças, ferramentas e utensílios melhorou a ergonomia. A fábrica dispensa protetores auditivos em toda a área de manufatura e eliminou a necessidade de óculos de proteção nas linhas de produção F1A e F1C.

Busca pela qualidade

De acordo com a FPT Industrial, o processo de montagem dos motores é monitorado por sistemas de controle automatizados. Todos os propulsores são submetidos a testes de dinamômetro. Nas salas do banco de provas, avaliações monitoram em tempo real aspectos de vibrações e temperatura. Atualmente, 165 colaboradores trabalham na fábrica de onde sai um novo motor a cada quatro minutos.


Comentários

 


Notícias Relacionados

Todos os carros elétricos poderão usar uma mesma motorização - Imagem: Reprodução
Inovação e Processos

Todos os carros elétricos poderão usar uma mesma motorização

A indústria automobilística tem mostrado interesse em evitar os erros e problemas do seu primeiro século, baseado nos motores a combustão interna.
Indústria aposta no caminhão a gás - Imagem: Reprodução
Mercado

Indústria aposta no caminhão a gás

Combustíveis alternativos são menos poluidores e oferecem vantagem econômica


Publicidade »

Publicidade »

Mais notícias

 

Newsletter

Assine e receba novidades sobre Indústria 4.0:

 

Publicidade »

Publicidade »