Como a tecnologia contribuirá para o crescimento da indústria de base em 2022

Por: Vinicius Callegari 13/12/2021

Estamos próximos ao final do ano e algumas previsões para os negócios em 2022 começam a surgir, e claro, as empresas também já realizaram o seu planejamento e estão prontas para a “batalha” vindoura. Uma pesquisa recente da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia, manteve o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 5,3% este ano, e em 2,5% para 2022. Diante desses dados, sempre desafiantes, podemos reafirmar a importância dos avanços tecnológicos para a manutenção e melhoria da competitividade das operações. A propósito, o Brasil realizou recentemente o leilão do 5G, e a indústria será uma grande beneficiada desta evolução tecnológica.

A realidade é que nos últimos anos, a indústria de base tem atraído olhares atentos de empresas e startups inovadoras por ser considerada uma parte essencial da economia brasileira. Para se ter uma ideia, por meio da implementação de tecnologias de ponta como inteligência artificial, robótica, internet das coisas (IoT) e computação em nuvem, é possível lançar novas soluções para antigos problemas , customizar diversos projetos e automatizar serviços e ações que corroboram com o aumento da performance tanto de equipes de campo quanto de máquinas móveis.

Esse cenário só reforça que a disrupção tecnológica foi inevitável e ocorreu de forma acelerada nos últimos anos, principalmente após o Covid-19. Esse acontecimento, sem dúvidas, permitiu um melhor aprimoramento dos processos e uma otimização de resultados, afinal, muitos setores tiveram que se reinventar durante esse período e a tecnologia foi a engrenagem para isso.

Com o retorno das atividades, a indústria se reaquece, ficando de lição a  importância de se investir em novas tecnologias e o quanto isso pode ser determinante para a perenidade de um negócio. Quando comentei no início desse material a respeito das discussões sobre o uso da tecnologia 5G é porque acredito que essa implementação trará benefícios surpreendentes para os negócios. Uma das vantagens é a flexibilidade e um custo de infraestrutura cada vez menor, ou seja, uma grande economia de energia em seus processos. O uso de alta velocidade e conectividade alavancarão aplicações em nuvem, automações e inteligência artificial.


Continua depois da publicidade


Por fim, fica evidente a importância da atenção s novidades tecnológicas  por parte de todos os players da indústria. Ficar sempre atento as mudanças e inovações irá garantir estar a frente das situações, além de beneficiar todas as pontas da cadeia. 2022 nos reserva bons momentos, vale a pena ficarmos de olho!

*O conteúdo e a opinião expressa neste artigo não representam a opinião do Grupo CIMM e são de responsabilidade do autor.

Gostou? Então compartilhe:

Vinicius Callegari

CCO e Head de Desenvolvimento Comercial da GaussFleet, plataforma de gestão de máquinas móveis para mineradoras e siderúrgicas.