Indústria 4.0 em conexão com a Lean Manufacturing

A combinação destes métodos pode possibilitar a excelência operacional das fábricas.

Por: Lucas Reali 12/10/2020  

Nos últimos 20 anos, aplicações de ferramentas e técnicas Lean Manufacturing - filosofia de gestão inspirada em práticas e resultados do Sistema Toyota, usada para transformar realidades gerenciais, potencializar resultados e melhor aproveitar o potencial humano - reduziram drasticamente desperdícios nas empresas, que vão desde a produção no chão de fábrica até processos corporativos multifuncionais. Complementando este avanço, surgiram as tecnologias da Indústria 4.0 que transformaram as configurações industriais atuais de uma forma nunca vista antes.

Lean Manufacturing

Inicialmente denominado Sistema Toyota de Produção, esse método desenvolvendo-se com o objetivo de evitar — ao máximo — os tempos gastos com espera, transporte, movimentação desnecessária, estoques em excesso, processamento inadequado, correção de defeitos ou retrabalho, entre outros fatores que acabam impedindo a fluidez da produção.

Indústria 4.0

Também conhecida como a Quarta Revolução Industrial, a Indústria 4.0 consiste na forte integração da tecnologia de informação nas operações industriais e também no contexto da cadeia de suprimentos. Ela propicia a criação das chamadas fábricas inteligentes, locais que têm a maioria de seus processos automatizados, entre outras vantagens.

Lean Manufacturing + Indústria 4.0

Unindo as práticas da Indústria 4.0 aos conceitos do Lean, pode-se dizer que há uma busca cada vez mais efetiva pela melhoria. Como o Lean é fazer mais com menos, a automatização e a integração dos processos tecnológicos está contribuindo crescentemente com esse propósito.


Continua depois da publicidade


Todo o potencial das práticas Lean e as melhorias que elas proporcionam são ainda mais úteis e evidentes quando exploram as tecnologias da Indústria 4.0 como, redes sem fio, computação em nuvem e realidade virtual (VR). As inúmeras possibilidades resultantes dessa união precisam ser melhor aproveitadas pela indústria.

Por exemplo, um sistema de suporte à decisão Kanban (ferramenta Lean importante) pode ser baseado em nuvem (computação em nuvem) como um demonstrador do tempo real para a integração de uma tecnologia da Indústria 4.0. Um outro exemplo seria mapear em um A3 o problema e aplicar soluções com o uso de AI (Artificial Intelligence) - umas das tecnologias 4.0 -, como o posicionamento de estoque móvel conectado com AGVs (automated guided vehicle - veículo guiado automaticamente).

O momento agora é o de explorar esses dois cenários mutuamente - as ferramentas Lean e as tecnologias da Indústria 4.0 - e perceber como a implementação destes dois conceitos aprimora o desempenho operacional das fábricas.

As ferramentas Lean são essenciais para desbloquear o potencial da Indústria 4.0 e evitar a automação de atividades que não agregam valor. Novas tecnologias digitais são essenciais para atingir níveis mais altos de impacto das iniciativas enxutas. Para atingir o próximo nível de excelência operacional, as empresas não podem depender apenas de ferramentas Lean ou tecnologias da Indústria 4.0 aplicadas isoladamente. Os fabricantes que dominarem a capacidade de combinar esses dois fatores serão os campeões de excelência operacional nos próximos anos.

Gostou? Então compartilhe:

Gerente de Negócios da EDC Group.