Como otimizar o gerenciamento de projetos na Indústria 4.0

Por: Gabriela Pederneiras 24/02/2020  

As indústrias são compostas por projetos: a linha de produção de uma mercadoria, a evolução tecnológica da fábrica, novas formas de gestão, implementação de tecnologia, desenvolvimento de novos produtos e assim por diante. O profissional que gere essas atividades é responsável pelo sucesso delas, por isso, deve estar sempre à frente do que acontece no chão de fábrica. 

Quando falamos de indústrias alinhadas ao conceito 4.0, esse “à frente” significa entender os dados que envolvem um projeto, saber quais inovações estão acontecendo no mundo sobre o assunto, como a tecnologia impacta no desenvolvimento desse tópico  e, o mais importante, como aplicar tudo isso à realidade da indústria. 

A otimização do gerenciamento de projetos dentro de uma indústria 4.0 passa, portanto, por conhecer as tecnologias que podem ajudar no processo de fabricação de determinado produto, entender quais delas são factíveis para a realidade de cada planta e fazer a implementação da maneira mais rápida, eficiente e estratégica possível. 


Continua depois da publicidade


Para isso, alguns conceitos precisam ser bem claros, como os de:

 

Big data

Os dados são o que movem a indústria 4.0, dando subsídio para tecnologias de automação e inteligência, mas também mostrando aos gestores, em tempo real, as condições da produção, do mercado e como otimizar isso. Olhando para relatórios completos, o gestor de projetos pode ter insights para melhorar a produção, antecipar problemas e tomar decisões favoráveis ao crescimento sustentável do projeto. 

Automação e sensores 

A execução de projetos é otimizada a partir da automação de processos. Com o uso de dados, algumas atividade repetitivas e condicionais podem ser automatizadas por meio de machine learning, aumentando a velocidade de produção e diminuindo erros. Os sensores, por sua vez, permitem que esses processos sejam monitorados sem que para isso máquinas tenham que ser desligadas  ou intervenções tenham que ser feitas.

Internet das Coisas

A inteligência no processo de produção dos projetos faz com que tudo seja mais autônomo e siga o princípio número um da indústria 4.0: diminuir o tempo de produção e aumentar a qualidade dos produtos. 

 

O papel de um gestor de projetos na indústria 4.0

Cabe ao gestor de projetos, portanto, entender essas tecnologia e aplicá-las de acordo com a realidade de cada projeto para otimizar a produção. Nesse contexto,além de entender do mercado, o gestor precisa sempre buscar por inovações, antecipar flutuações do mercado, gerir projetos cada vez mais personalizados com rapidez de produção em massa, reduzir custos, saber ler e interpretar os dados  e ter uma boa relação com todos os setores da cadeia produtiva. 

Dessa forma, o profissional consegue usar dados e tecnologias a favor do desenvolvimento saudável, ágil e sustentável de um projeto.

Gostou? Então compartilhe:


Comentários

Jornalista | Assessora de imprensa | Redatora | CIMM