Artigos

Comunicação interna na Indústria 4.0

Como transformar a comunicação interna em um ativo da indústria que auxilia na evolução do negócio e das pessoas que atuam nele.
06/10/2019

Quando se fala em comunicação na Indústria 4.0 geralmente as pessoas logo pensam nos sistemas integrados que permitem que as máquinas “conversem” entre si a fim de automatizar e imprimir mais inteligência nos processos fabris. Mas  existe outra comunicação que é tão importante quanto essa neste contexto: a humana.

Historicamente a rotina dentro de uma indústria é bastante verticalizada, com decisões e orientações vindas de cima para baixo. Sendo assim, a comunicação interna seguia o mesmo fluxo, sua função principal era passar os comunicados vindos dos gestores da indústria para quem estava no chão de fábrica.

E a comunicação se resumia a isto: comunicados, ordens, mudança de rotinas. Com a maior adesão das indústrias ao conceito 4.0, as decisões passaram a ser  um pouco mais transversais, permitindo que os analistas de equipamentos, por exemplo, levem informações relevantes para os gestores baseadas em dados dos equipamentos. Assim, a comunicação mudou de rota e se tornou mais horizontal neste contexto.


Continua depois da publicidade


Aderindo ao conceito 4.0, a comunicação interna dentro das fábricas obedece três fatores:

 

1 - Utilização de dados 

A crescente análise de dados e uso dos mesmo para automatização de processos gera muita informação. A comunicação interna dentro deste contexto tem o papel de fazer uma curadoria destas informações, ajudando os gestores e colaboradores da fábrica a priorizarem as informações estratégicas e a repassarem de forma correta, clara e objetiva. 

O profissional, ou a equipe, responsável por este setor dentro da fábrica tem o papel de ensinar a priorizar informação e ajudar a repassá-la para as pessoas estratégicas, sem que haja gargalos ou  desentendimentos por falta de comunicação. 

 

2 - Mensuração

Ao mesmo passo que faz a curadoria da informação, o setor de comunicação interna dentro de uma indústria alinhada ao conceito 4.0 precisa garantir a eficiência desta. Nem todos dentro de uma fábrica tem o mesmo nível de conhecimento, por isso, quando se fala de comunicados gerais, eles precisam ser dados de uma forma clara e objetiva. 

Do mesmo modo, que as informações estratégicas precisam chegar às pessoas certas sem ruídos. No fim, a comunicação humana dentro das indústrias precisa ser tão exata quanto a das máquinas - o que, levando  em consideração a complexidade e pluralidade das pessoas, é um desafio. 

Por isso é importante mensurar os resultados dessa comunicação, entender se a mensagem passada foi clara para todos e se a atividade derivada dela realmente chegou ao resultado esperado. Caso isso não tenha acontecido, deve-se repensar a linguagem e os meios de comunicação usados. 

 

3 - Humanização

Dentro do conceito 4.0 se fala muito de máquinas inteligentes, robôs e inteligência artificial, mas falta exaltar as pessoas por trás de todas essas tecnologias. Por mais que as máquinas executem suas atividades quase que sozinhas, é necessário que profissionais acompanhem e avaliem o processo.

As pessoas dentro de uma fábrica não podem ficar em segundo plano. A comunicação interna serve também, neste sentido, para unir uma equipe e valorizá-la, fazendo com que trabalhe de forma mais engajada e produtiva. 

Por fim, podemos dizer que a comunicação na indústria 4.0 serve para balizar relacionamentos e conhecimentos. Sem ela, nem toda a tecnologia do mundo é capaz de unir as pessoas dentro de um mesmo propósito e fazê-las entenderem os processos de forma clara, objetiva e uniforme.

 

Produzido por:

Gabriela Pederneiras

Jornalista | Assessora de imprensa | Redatora


Comentários

 


Artigos Relacionados

Relação dos Recursos Humanos com a Indústria 4.0 - Imagem: Pixabay
Artigos

Relação dos Recursos Humanos com a Indústria 4.0

Assim como todos os processos da fábrica, a gestão de pessoas também precisa estar alinhada ao conceito 4.0 por meio da geração e análise de dados
As alegrias e desafios do primeiro emprego - Imagem: Internet
Artigos

As alegrias e desafios do primeiro emprego

Começar numa nova empresa é uma alegria: novos amigos, novas atividades; porém, algumas dificuldades fazem parte do processo!

Publicidade »

Publicidade »


O ROI de projetos de produto a seu favor:

Entenda como economizar dinheiro, tempo e produzir muito mais com uma ferramenta de modelagem 3D para projetos de produto


Publicidade »

Publicidade »