Artigos

Segurança da Informação na indústria 4.0

A indústria 4.0 só é possível por meio da transferência de dados entre equipamentos, softwares e máquinas. Com este volume crescente de dados, a Segurança da Informação se tornou essencial dentro das fábricas que querem aderir a este conceito e manter a competitividade
15/05/2019

O conceito de Indústria 4.0 está intimamente relacionado com dados. Só é possível ter uma fábrica mais automatizada, inteligente e eficaz se esta for orientada por dados gerados por equipamentos, máquinas e softwares. Tudo, dentro da Indústria 4.0, produz e é alimentado por informações em tempo real.

Essa característica contribui para o alinhamento estratégico da produção e sua automação. Por mais que o uso de dados representem um avanço dentro dos processos fabris, ele traz consigo, também, uma nova realidade onde a Segurança da Informação (SI) precisa estar no centro das atenções. De acordo com uma pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), 31% das indústrias brasileiras já sofreram algum ataque cibernético. O cenário faz com que 92% dos entrevistados pelo estudo se mostram cientes da importância de investimento em SI, porém, apenas 18% deles afirmar ter estrutura adequada de segurança para proteger os dados gerados pela Indústria 4.0.


Continua depois da publicidade


 

Níveis de segurança

Por mais que os dados sejam armazenados em um sistema eletrônico, a segurança precisa também ser garantida no nível físico. Segurança da Informação, neste caso, significa garantir que somente as pessoas certas tenham acesso à informação gerada pela fábrica. No nível físico, isso pode ser assegurado por medidas como acesso restrito ao servidor de armazenamento, atualização constante das senhas, histórico de acesso, entre outros.

Já no nível digital, é importante criptografar as informações, ter um sistema em nuvem que garanta a segurança dos dados armazenados, não estocar informações em uma única fonte, proteger os sistemas da empresa de malwares.

 

Princípios da Segurança de Informação

Para garantir que a Segurança da Informação seja executada de forma eficaz existem alguns princípios que devem ser respeitados, como confidencialidade, integridade, disponibilidade, não-repúdio, autenticidade e conformidade.

Confidencialidade é o princípio que garante que somente pessoas autorizadas tenham acesso às informações ou processos de uma determinada fábrica.  A integridade faz com que a precisão, a consistência e a confiabilidade das informações, ou dos sistemas, sejam garantidas. Já a disponibilidade prevê que os acessos a informações sejam autorizados apenas pelo tempo necessário para as pessoas certas. O não-repúdio garante que as pessoas não possam negar que tiverem acesso a alguma informação ou assinaram um documento. Autenticidade permite que seja assegurada a veracidade e originalidade das informações. E por fim, a conformidade,  garante que os dados estejam alinhadas com a fábrica.

 

Segurança da Informação na Indústria 4.0

A SI e a Indústria 4.0, portanto, tem uma relação de sobrevivência. O conceito de fábricas inteligentes só pode existir se, por traz, as informações que alimentam os sistemas e ditam a estratégia da produção estejam seguras. Em mãos erradas, estes dados podem acabar com a competitividade de uma indústria e ainda prejudicar sua imagem perante seu público.

Existe um gap no mercado do entendimento da importância e de como realizar a Segurança da Informação nas indústrias, mas somente se este for superado a Indústria 4.0 poderá avançar e ser executada em sua plenitude.  

Produzido por:

Gabriela Pederneiras

Jornalista | Assessora de imprensa | Redatora


Comentários

 


Artigos Relacionados

Revolução 4.0: o que esperar para os próximos anos? - Imagem: Internet
Artigos

Revolução 4.0: o que esperar para os próximos anos?

O futuro tecnológico imaginado por tantos diretores de cinema finalmente chegou.
Indústria 4.0: Mas afinal, o que muda realmente em uma empresa ?
Artigos

Indústria 4.0: Mas afinal, o que muda realmente em uma empresa ?

Indústria 4.0 não é só Manufatura e não é só chão de fábrica.

Publicidade »

Publicidade »


Diferenças e características dos processos de marcação utilizando arco plasma


Publicidade »

Publicidade »