Meritor aumenta investimento na fábrica de Osasco

A fabricante de eixos aportou US$ 18,6 milhões nos últimos oito anos para modernizar sua linha de produção.

Por: Automotive Business 25/11/2021  

Um dos maiores fabricantes de eixos do País, a Meritor reforçou seus investimentos em manufatura nos últimos anos para modernizar a linha de produção na sua fábrica em Osasco, região metropolitana de São Paulo, a fim de levá-la em direção à Indústria 4.0. No ciclo de aportes entre 2014 e 2021, foram destinados US$ 18,6 milhões em novos softwares, processos de manufatura e robotização, com o objetivo de aumentar a capacidade de produção, ampliar a oferta de produtos e melhor a produtividade. 

Visando também substituir 42 equipamentos antigos, o projeto de modernização envolveu a compra de 13 robôs para automatizar dez células de processos de manufatura, dentre as quais solda, usinagem, medições automáticas e manuseio.

“Os investimentos dos últimos anos têm por objetivo introduzir processos de manufatura de classe mundial voltados para a Indústria 4.0. O foco principal é buscar total integração entre manufatura, engenharia de produtos e a produção, com ganhos em produtividade”, afirma Alexandre Marien, diretor de operações da Meritor para América do Sul.

Os planos de modernização também incluíram a nacionalização de quatro famílias de produto, os eixos MS 17x e 18x, o DS 70, MS 150 e MS 160, que antes eram importados dos Estados Unidos e da Europa.

Entre os novos robôs que estrearam recentemente, está o DMU 50 3ª Geração, uma máquina de precisão em 5 eixos que modernizou o processo de fabricação de matrizes para os forjados de precisão, em uma operação no conceito CAD–CAM. Outro destaque é o modelo ABB – Flexarc IRBP K300, que faz a solda longitudinal das meias carcaças, com maior produtividade, qualidade e rastreabilidade para a operação.

Os investimentos também ajudaram a fabricante a entrar na era da eletrificação no Brasil em duas frentes distintas. A primeira foi o fornecimento seriado do eixo ECO (sigla para Electric Compatible), concebido para funcionar acoplado diretamente ao motor elétrico do caminhão VW e-Delivery, lançado em julho. A outra é a eletrificação do próprio eixo trativo, com a incorporação de um motor elétrico na caixa do diferencial, com ligação direta da tração para as rodas. 


Continua depois da publicidade


Além de ampliar a produtividade, os aportes financeiros também trouxeram melhorias em segurança e ergonomia para os funcionários da fábrica de Osasco. “Aplicamos recursos expressivos em melhoria das condições de trabalho e na qualificação profissional e isso se reflete na percepção de nossos colaboradores, que foi demonstrada com a certificação das melhores empresas para se trabalhar em 2021 BPTW”, explica o diretor de operações.

A Meritor domina cerca de metade do mercado nacional de eixos trativos para caminhões e ônibus acima de 6 toneladas de peso bruto total (PBT), porcentual que sobe para 60% se computados só modelos pesados acima de 15 toneladas. Em 2021, a empresa comemorou seu 65º aniversário de atuação no Brasil, onde espera fechar com o ano com uma produção de 90% superior à de 2020. 

Gostou? Então compartilhe: