Sua empresa

Indústria vive era da logística 4.0 com adoção de veículos autônomos

Impulsionados pelos ganhos em eficiência e produtividade diversos setores estão otimizando sua logística interna com o apoio de empresas especializadas
Por: Assessoria de imprensa       27/09/2019

De acordo com o último relatório da Interact Analysis, instituto internacional de pesquisa de mercado, em 2018, aproximadamente 20 mil veículos autônomos foram instalados em fábricas de todo o mundo - mais que o dobro de 2017. A estimativa é que esse número ultrapasse as 350 mil unidades até 2020. A Pollux, empresa brasileira de tecnologia industrial, protagoniza esse movimento no País e considera o mercado favorável para a adoção desses equipamentos. "Estamos vivendo uma retomada de grandes projetos tecnológicos mês após mês a partir de uma maior conscientização das empresas sobre os benefícios que a tecnologia oferece", comenta Cedric Craze, diretor de Logística e Digital da Pollux.

A empresa, que já conduziu mais de mil projetos de transformação digital, oferece solução completa para atender a chamada "Logística 4.0", que compreende toda a movimentação interna da fábrica, como processos de abastecimento de linha, transporte de materiais e transporte de pallets com produtos acabados. Para Ricardo Gonçalves, diretor de Desenvolvimento de Negócios da Pollux, fábricas 4.0 são mais econômicas, ágeis, flexíveis e produtivas. "Automatizar a logística de abastecimento pode reduzir em até 30% os níveis médios de inventário, ao mesmo tempo que aumenta a disponibilidade dos itens". Outra vantagem apontada pelo executivo está relacionada aos tempos de paradas de linha por falta de suprimentos o que, na maioria das fábricas, representam perdas financeiras significativas. Com o uso de um sistema que identifica e programa o abastecimento por meio dos veículos autônomos, esse problema não acontece.


Continua depois da publicidade


A solução da Pollux para a "Logística 4.0" automatiza completamente as movimentações internas da fábrica. O sistema monitora com sensores os pontos de coleta e de abastecimento, gerencia e prioriza com software próprio os pontos de necessidade e controla também os veículos autônomos, que percorrem sozinhos pelos corredores do chão de fábrica transportando as cargas necessárias sem a intervenção humana. Tudo isso com assertividade e segurança para os operadores. "Dessa forma é possível garantir, entre outras coisas, que o cálculo de peças para abastecer as linhas seja feito de maneira assertiva e sem desperdícios dos itens", complementa Gonçalves.

A Pollux avança com a implementação dos veículos autônomos e um de seus clientes, a MWM - fabricante de motores Diesel e geradores de energia, com mais de 66 anos de atuação - iniciou há oito meses um projeto que resultou na implementação de dois equipamentos na fábrica de São Paulo. "Os veículos realizam o abastecimento de peças de maneira totalmente autônoma pois são equipamentos com inteligência para reconhecer a área e desviar de obstáculos fixos ou móveis por meio de sistemas de visão avançados", explica Michael A. Ketterer – Diretor da Unidade de Negócios de Contratos de Manufatura - Operações & Qualidade da MWM.

Além de indústrias automotivas, a solução da Pollux para logística também está sendo comercializada em indústrias de bens de consumo, farmacêutica, aeronáutica e hospitalar. Fazem parte do portfólio da empresa clientes como Unilever, Nestlé, Natura, Faurecia, Luxotica e Saint-Gobain. Este ano, a empresa também iniciou a implementação de suas tecnologias em outros países como Colômbia, México, Equador e Argentina. "Já estamos nos tornando referência também para o mercado internacional", enfatiza Ricardo Gonçalves.

Sobre a Pollux
Fundada há 23 anos, a Pollux é a empresa de tecnologia industrial mais inovadora da América Latina, com mais de mil projetos implementados. Uma companhia nacional, com sede em Joinville (SC), também presente em outros países como México, Equador, Colômbia, Bolívia, Argentina, Uruguai e Chile. Tem como principal objetivo tornar fábricas mais produtivas, eficientes e inteligentes através de soluções de Manufatura Avançada, Robótica Colaborativa, Logística 4.0, Sistemas de Visão e Internet Industrial, permitindo que seus clientes vençam em um cenário global cada vez mais acirrado. Para mais informações, acesse: pollux.com.br


Comentários

 


Notícias Relacionados

PRÊMIO ABII 2019 – Cases Finalistas - Imagem: ABII
Eventos

PRÊMIO ABII 2019 – Cases Finalistas

Sua empresa

Pollux abre inscrições para Programa de Estágio Tech Challenge 2019

Estudantes de cursos técnicos e universitários podem se inscrever para o processo seletivo até dia 27 de setembro


Publicidade »

Publicidade »

Mais notícias

 

Newsletter

Assine e receba novidades sobre Indústria 4.0:

 

Publicidade »

Publicidade »