Artigos

STARTUPS+INDÚSTRIAS: O Ecossistema em Santa Catarina

29/10/2019
Certamente um dos maiores desafios da indústria e sua cadeia de valor em todo o país é a manutenção de sua produtividade e competitividade, alinhado com as transformações impostas pela quarta revolução industrial e pelos desafios da nova economia movida por dados e centrada no cliente.
 
Santa Catarina se vê amplamente representada neste cenário nacional competitivo, com a distinção do perfil austero e produtivo de seus imigrantes colonizadores de origem predominantemente italiana e alemã. Além disso, sua característica ímpar de diversificação da matriz econômica em seus amplos parques industriais lhe confere tenacidade e resiliência em momentos de crise.
 
Entretanto, mesmo nas mais robustas indústrias de bens de capital às menores indústrias de bens de consumo, uma coisa é inevitável: a mudança. E esta mudança vem ocorrendo de forma cada vez mais rápida, num cenário global de vulnerabilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade, que tem como pano de fundo o empreendedorismo inovador e tecnológico.
 
E é neste vasto oceano que navegam startups com soluções orientadas a indústrias. Segundo dados recém divulgados pelo Mapa Startup+Indústria , Santa Catarina possui a maior quantidade de startups com foco industrial no país, com 30% do total, numa pesquisa realizada pela Spin que identificou 295 startups em 22 estados e 81 municípios em todo o Brasil.
 
Apesar do número significativo, as startups mapeadas ainda estão numa relação em amadurecimento com indústrias, especialmente em função do processo de acoplamento entre estes dois importantes atores da nova economia possuirem alta fricção. De todo o universo de startups avaliadas pelo estudo, apenas 8% haviam recebido investimento de indústrias (seu principal público-alvo) e 66% do total geriam seu dia a dia com recursos próprios, iniciativa comumente conhecida no linguajar das startups por bootstrapping.
 
De todas essas avaliações uma coisa é fato, existe muito por fazer pela relação entre startups e indústrias em Santa Catarina e em todo o país nos próximos anos. Segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Indústria 4.0 pode gerar economia de R$ 73 bilhões ao ano nos próximos anos caso bem empregada, movida especialmente por essas novas empresas com foco em tecnologia.
 
O estado catarinense possui diversas características historicamente inovadoras, com grandes indústrias reconhecidas nacional e internacionalmente, e tem, agora, um ecossistema de startups com foco industrial em fortalecimento. Tenho certeza que a região será um dos destaques do ecossistema startup+indústria em um futuro próximo.

Produzido por:

Beny Fard

Fundador & CEO da Spin, primeira e maior rede de aceleradoras startup+indústria do Brasil (hardware e software) e Head de operações do Stanford Research Institute no país, possui formação em engenharia elétrica, com mais de 20 anos de experiência em processos industriais e negócios internacionais.


Comentários

 


Artigos Relacionados

Artigos

Afinal, como a internet das coisas está revolucionando a indústria?

Entenda como funciona a Indústria 4.0 e veja como a internet das coisas pode transformar os processos industriais!
Como a visão computacional está revolucionando a gestão de qualidade na indústria - Imagem: 4vision
Artigos

Como a visão computacional está revolucionando a gestão de qualidade na indústria

Uma das áreas mais beneficiadas pelas novas tecnologias em visão é o setor de controle de qualidade das indústrias. Processos complexos de inspeção de qualidade, antes realizados somente com a...

Publicidade »

Publicidade »


Diferenças e características dos processos de marcação utilizando arco plasma


Publicidade »

Publicidade »